Aceito

Padrão

segunda chance ao coracao

Esperei tanto por esse dia e ele finalmente chegou
O telefone tocou e fui atender
Número desconhecido
Mas ao ouvir o alô, tudo se fez presente e real

Era você, como há muito tempo não tinha noticias
Há muito tempo não ouvia a sua voz
Há muito tempo não pensava em você do jeito que era

Mas era você
Despido de tudo, como eu nunca havia experimentado antes

E você disse sentir saudades
Queria me ver, saber como anda minha história
Quais caminhos eu escolhi percorrer
Em quais desses lugares eu te deixei no caminho

E se de alguma maneira ainda existia a possibilidade
Possibilidade de você se reencontrar nestes caminhos
Que há muito já não caminha ao meu lado

E pensamos, lembramos tudo
Da alegria a dor mais profunda
Das descobertas as omissões
Do riso as lágrimas

E você me estendeu a sua mão
Me pedindo abrigo, carinho e afeto
Me pedindo respeito, verdade e fé
Pedindo amor e certezas

Pedindo uma chance
Das chances que um dia você acabou me oferecendo e eu neguei
E agora me fez pensar… que eu te devo isso

Na exata medida do que o universo nos oferece e retribui
Eu te retribuo o que você me pede
E seremos felizes para sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s