Reflexões sobre…

Padrão

ESTRADA

Dirigindo agora a noite
Voltando para casa
Pensando no dia como havia sido
E como nada aconteceu do jeito que eu previa

E na volta para casa
No pisar do acelerador
No ronco do motor
E nas batidas da música que tocava no rádio

Eu ia pensando
Na vida e em tudo o que me cercava

O estranhamento de fazer o caminho de sempre
Seguir em frente pelas ruas que eu conheço de cor
No tempo dos semáforos e das curvas

Pensar que a vida está me levando por direções desconhecidas
Como se de repente se perdesse do mapa
E me colocasse diante de paradoxos que eu não imaginaria viver

E o tempo passa rápido
A imagem no espelho não é mais a mesma
Tudo o que eu havia previsto ou desejado
Se perdeu e foi para algum lugar que eu jamais poderei voltar

Na próxima curva
Na próxima esquina
No próximo semáforo
Seguindo em frente
Voltando para casa

Voltando para o que?
E na velocidade da vida que parece ter perdido os freios

E vou seguindo em direção ao que não sei mais
De uma vida que me espera
De dias melhores que virão
E da promessa de que haverá de fazer um dia
Sentido essa vida que há de ser

Melhor
Plena
Amada
e Feliz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s