Me diga seu nome

Padrão

TELEFONEX

Adormeci
E no conforto da minha cama, entre meus pensamentos e cobertor
Sonhei

Um sonho de muitos significados e sentimentos
Tudo misturado e revivido
Quando o telefone toca

E era você
Me perguntando como eu estava
E me falando coisas que eu não entendi ao certo

Me cobrando algo que não cabia mais no contexto
E eu não conseguia me lembrar do seu nome
Mas me lembrava muito bem da sua voz

E tudo o que ela traz no sentimento
No desconforto da saudade
Que brinca e faz maldade com meu coração

A saudade de saber que nunca mais haverá de ser
De caber em meus braços e em minha vida

Daquela história que não cabe
Porque simplesmente nunca coube
E nunca poderá ser sentida
Porque não existem palavras para explicar
Sentimentos para representar
E sentido em nada disso

Da saudade que só ela consegue explicar
Exatamente o que se passa dentro do meu peito

E na ligação, que eu te pedia para relembrar seu nome
Na angústia da saudade
Misturada com a curiosidade que me desorganizava
De querer saber porque você estava me ligando

Acordei…

Anúncios

5 comentários sobre “Me diga seu nome

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s