Para sua sorte

Padrão

silêncio

Hoje eu acordei sem paciência
E você vem me cobrar fidelidade
Verdade e sinceridade
E eu não consigo acreditar

Nem me dou ao trabalho de responder
Porque nessa história eu me envolvi
Errei
Mas eu sei onde estão minhas falhas

E você me cobra
De algo que eu nunca lhe prometi
De algo que eu sempre te ofereci
Mas que nunca foi suficiente

E agora você faz seu drama
Dá seus chiliques e me desrespeita

A sua sorte
Não vou discutir
Não sou mais assim

E meu silêncio é meu melhor amigo
Minha consciência minha morada
E um dia voltaremos a nos encontrar

Seu segredo continua sendo meu segredo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s