Medo do escuro

Padrão

medo-do-escuro

O que são essas vozes?
Essa risada que aparece no meio do meu sono
Me desperta de um sonho estranho

Fico olhando o quarto escuro
Tentando entender tudo o que aconteceu
Por um instante senti medo

Medo não da risada, do sono
Da escuridão do meu quarto

Senti medo do que a vida me reserva
Para os dias que estão por vir

Porque hoje a vida é vazio
E repetição e desconexão
Em sucessivas tentativas de fazer algo valer a pena
Encaixar as peças para que isso dê em algum lugar

Quanto mais me esforço para encaixar
Mais desconecto os pedaços
Do que considero o caminho a ser seguido

E a estrada se faz vazio
Escura e solitária

E minhas opções de decisão
Escolha e possibilidades
Vão se esgotando a cada amanhecer

E a rota de fuga está trancada
Esse caminho que não posso ousar pensar
Ou desejar estar lá

E por um segundo
Me recordo da risada

Era de diversão pelo desespero
Ou um sinal de que as escolhas já foram feitas?

Me responda, por favor…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s