Por um triz

Padrão

espetaculo

Do que se trata tudo isso?
Poxa vida, nem tem porque ser
E você fica neste vai e vem
De me querer bem e não decidir

Eu sei que nossa história nunca houve de ser nada
E aprendi com você a não ver o que nunca foi dito
A não fantasiar o que nunca haverá de ser
E acima de tudo
Não te amar e desejar um dia em minha vida

Mas esse teatrinho de idas e vindas
De querer e não querer
De tentar se aproximar e depois silenciar
No infinito das palavras que nunca são ditas

E neste universo que eu desejo ser coadjuvante
Você apenas me oferece papéis pequenos
Aqueles que ninguém irá notar a minha presença

E me pergunto se ao menos uma vez você cogitou me dar uma ponta
Em uma cena qualquer que eu possa aparecer no palco e brilhar
Por apenas um minuto que seja

Por que talvez a minha vocação não seja esta na vida
De ficar esperando a cena perfeita
Para fazer a aparição espetacular
E ser aplaudida de pé

É
Sua escolha já foi feita
E não serei a princesa de seus sonhos
Não serei aquela que despertará para o mundo depois de um beijo seu

E neste momento
Escolho fechar as cortinas desta apresentação
E seguir carreira solo

Em algum lugar haverá de existir um palco para eu brilhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s