Nós três (Quase um ato falho)

Padrão

amor-que-fim

Você nos meus sonhos
Com um abraço sereno
Do adormecer no sofá
Nós dois juntos
No calor do abraço

E no segundo ato
Fazendo as malas
Mexendo em gavetas
Procurando alguma coisa
Das coisas sem graça que haviam de ser

E procurar em cômodos
Que estavam vazios
E não faziam sentido

Na praia
O beijo na testa
Como um dia houve de ser na despedida

E de mãos dadas
Você me pede para ficar
E aceitar
O que você tinha para me oferecer

E lhe retribui o abraço
E sorri
Com o coração em paz

Sabendo que na história
O fim já era sabido

E você me disse
Que neste lugar somos só nós dois

E se eu te aceitar
Do outro lado
Teremos que ser nós três

Te abracei com meu melhor abraço
Agradeci sua sinceridade
E o que sempre teve para me oferecer…
De fazer parte da sua história
Sempre foi fazer parte de três

E disse “Eu te amo”
Como o eu te amo mais limpo
Sincero e amoroso de meu repertório

Com um sorriso no rosto e em paz

Despertei.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s