Maldades modernas

Padrão

maldades

Tô tão cansada dessa brincadeirinha

De ser legal
Fingir que está tudo bem
E que eu sou legal
Bem resolvida
E não me importo

Na verdade
Na maior parte do tempo
Eu não me importo mesmo

Mas hoje
Hoje vocês passaram do limites
E me fizeram nas triangulações
Maldades e bullyings
Que acontecem mundo afora
E destroem a vida de pessoas

Hoje
Sou velha
Velha demais para me importar
Mas que já deu

De sempre já deu
De muito tempo atrás já deu
E a maldade passou dos limites
E machucou profundamente
Até as almas mais machucadas

E na sua ausência de assumir responsabilidades
E se apropriar do desejo e vida dos outros
Feriu profundamente

E você
Que se acha a pessoa mais bem resolvida do mundo
Só ganha força por que fala alto e ameaça
E fere o coração dos que te amam
Essa é sua estratégia que funciona com eles
Mas não mais comigo

E a partir de hoje
Eu
Com o coração frio que tenho
O coração vazio e sem sentimentos
Sem vontades e sem acreditar

Hoje
Eu parto vocês
Me decido partir

Me distancio dessa brincadeira
Que nunca teve graça
Mas hoje perdeu de vez

E não farei mais parte dessa história

E a partir de hoje
Tomo meu caminho
Faço minhas escolhas

E em segredo
Ainda mais
Tudo ficará guardado

Porque eu escolho
Não ferir!

Pois o mal habita em mim
E se houver uma chance
Para retribuir

Essa conta ficará alta demais
Para mim e para vocês
Mas eu sei jogar também

E isso vocês nunca saberão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s