Fui eu

Padrão

carro direção.jpg

Hoje eu me deixei levar
Sai da sala
Fui pensando até meu carro
Pensando em tudo o que eu havia ouvido

Mas essa nem era a questão

O fato é que eu fiquei pensando
Nestes lugares que eu já estive um dia
Daqueles que a gente percorre sem querer
E quando vai ver já está lá
Atolada de fazer o que não queria

Deu um frio na barriga
Uma tristeza e quase uma lágrima

E tive de pensar rápido
Como se quisesse desviar o carro
De algo que poderia danificar a estrutura

E pensei
Que desse lugar eu sei
Conheço e já fiz morada

E por uma fração de segundos
Daquelas dignas de passar a vida
Diante dos olhos

Quase ousei deixar
Essa desistência querer fazer morada
Vir com tudo e tomar meu lugar

Lembrei de todos
Que já passaram por esse lugar antes
E conseguiram me deixar lá
Na lixeira moral
No lugar nada da existência humana

Me dei conta
Que eu não sou de lá
Que esse lugar não é meu
Esse lugar nunca foi meu

E eu antes
Estava no lugar errado
Das pessoas que estavam nessa lata de lixo
Da moral e dos maus costumes

Hoje eu acendi a vela
Rezei e enterrei
Junto com tudo o que um dia
Fizeram que acreditar

Que eu nunca deveria ter
Aceitado ou acreditado.

Nessa história
Eu quase assumi a culpa
Do que nem me diz respeito

Ainda bem
Que sei dirigir bem
E desviei com louvor do obstáculo.

Quem venham os próximos…

Pensando bem, não venham não!

Anúncios

Um comentário sobre “Fui eu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s