Perguntei sem querer

Padrão

falei demais

No meio da conversa
Das palavras que dançavam
Entre idas e vindas
Vindas e idas

Eu me peguei perdida
No que me era dito
Da habilidade
Na labilidade

Não dei conta

Sem querer
Falhei

Juro
Não foi por mal
Na mania de explicar
Acho que me peguei
Querendo preencher
O que não era

E meu corpo inteiro congelou
Por uma fração de segundos
Fui do céu ao inferno

E senti a pulsação
Das batidas do meu coração
Do ar frio que entrava
Em meus pulmões

Não sei como
Consegui continuar
Presa ao chão

Pois fui eu mesma
Que abri o buraco

Demorei um tempo para entender
Do que era tudo isso afinal

Mas dessa brincadeira
De mentir e não contar a verdade
Eu já decidi
Não quero mais

Anúncios