Póstumo

Padrão

janela 1

Bate
Mas bate com força
Bate com toda a sua força
Porque eu não sinto mais

Faz
Mas faz bem feito
Daqueles que a gente se orgulha depois
Porque agora
O que está posto está uma droga

Se esforce mais
Porque de ficar sem ar
De sentir o coração gelado
De sentir a dor infinita da traição
Tudo isso já não tem cor e nem gosto
Tudo isso perdeu o sentido

De agora em diante
Você vai ter que fazer muito melhor

E cuidado
Pois ao abrir a porta
Se fizer além do permitido
A janela será a rota de fuga

Sem pedágio
Sem chance de volta
Sem pára-quedas

Me disseram que isso é liberdade
E fez sentido enfim
Deixar cheques assinados
Estourar a conta do banco
Dar o último beijo
E dizer eu te amo para a pessoa errada

Assim jaz o que um dia houve
E agora não há mais
Da dor infinita
Que transborda e perturba
Da vida que se esgotou
E agora é saudade.

Anúncios