Sem rumo

Padrão

perdido

De novo
Nojo
Repulsa
Angústia

Esse estômago embrulhado
E lá dentro
Um Universo de coisas remexendo
Revirando
E fermentando
Fervendo…

Do que eu não consigo colocar para fora
Do que nunca foi dito
Do que nunca foi entendido
Do que nunca conseguiu ser significado

E fica lá
Girando
Rodando
Embrulhando
Maltratando

Reiniciar…

E fica lá
Girando
Rodando
Embrulhando
Maltratando

Queria tanto
Ter coragem para seguir adiante
Acabar logo com tudo isso

Me oferecer a paz eterna
Dar a vida um significado
Em outro lugar qualquer que fosse

Mas
Só consigo

Reiniciar…

E fica lá
Girando
Rodando
Embrulhando
Maltratando

Mas amanhã
A vida pede normalidade

Então
Eu

Só consigo

Reiniciar….

Anúncios

Um comentário sobre “Sem rumo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s