Estava certo…

Padrão

nota 2

Você me procurou
E meu coração assustou
Não bateu forte
Só ficou sem entender

Desconfiei
Porque as coisas não são
Nunca foram
Nunca serão assim

Me fiz de besta
Deixei você me enrolar
Para ver até onde iria

Já fiz graduação
Sei como são essas histórias

Eu já quis tanto
Um dia eu fiz isso

Cuidei do jeito que era
Do que eu acreditava
Eu achei que poderia
E a vida me mostrou que não

Você chega com a mesma história
Mas esqueceu de perguntar
Se eu tinha diploma

Sim
Eu tenho diploma
E fui além
Quando provoquei
Para ver até onde iria

E deu certo…

Mas eu sinto muito
Não vou te cuidar
Não vou te oferecer
Não posso cair nessa
E nem quero…

Sabe por que?

Porque você não vale
Não vale a pena
Não vale o risco
Você não vale nada nem para você…

Não posso…

Padrão

pecado

Fingi que estava tudo bem
Que eu estava bem
No lugar de sempre
E fiz o que eu sempre fiz
Hoje eu fiz melhor
Nem sabia que havia melhor que isso
E houve
Eu fiz…
Mas do outro lado da porta
No lugar de sempre
A outra me esperava
E me olhava com piedade
Os olhos baixos eram o prenúncio
E me imploravam um lugar
Uma explicação
Me ordenavam…
Neste dia eu me dei conta
Que o limite entre a razão e o sentir
Entre o querer e o não querer
Entre a sanidade e a loucura
Entre te querer e fingir
Esses limites estão ultrapassados
E me dei conta que
Falta apenas mais um passo
Para eu cair na sua loucura
No desafio de sua falta
No que você quer de qualquer um
E agora quer de mim
Não tenho isso
Não posso te oferecer
Não posso cair em tentação
Pois minha queda será o fim
Do pouco que ainda resta
Até hoje…

Nostalgia no coração

Padrão

chuva

Ontem a noite
Eu estava assistindo um filme
E sempre que é esse filme
Eu lembro de você

Com um suspiro profundo
(Todo suspiro é profundo)
Lembrei de nós

Daquela época
Daqueles dias
Do que um dia foi
Na verdade foram vários dias…

Deu uma saudade boa
Daquelas que eu queria ter de novo
Viver de novo
Ter você de novo
Estar com você

Mas o que é saudade
Só há de ser sentido
E de ter sentido
No meu coração

Mas tudo bem
Eu fiquei quietinha por alguns instantes
Lembrando
Sentindo
Suspirando…
O que houve de ser
Saudade boa…

Sem entender

Padrão

alvoUm dia você me liga
No outro você desliga

Mando um Oi
Você responde
Dias depois

Sempre tem uma desculpa

E eu deixo
Caio em todas
Deixo elas todas
Fazer sentido…

Nem ligo

Mas estou pensando
Ligo sim

Ligo demais
Para você
Em minha vida
Em meus pensamentos
Em meu coração

Mas você
Nem sei mais
O que é
Ou o que será

Talvez nunca tenha sido
O que eu achei que era

De ficar ignorando
Fingindo ou mentindo
Para mim mesma
Comecei a acreditar
De verdade nessa história
De amor…

Eu inventei tão bem
Que agora virei refém
De meu amor
Platônico
Por alguém…

Você me manda um Oi…
Minha vez de brincar com você…

Dobrando a dose

Padrão

drogas1

Esses dias todos
Eu fiquei assim
Desligada
Alheia
Desencaixada

Achei que estava tudo bem
Que as coisas iam melhorar
Mas agora eu só quero saber
De ficar dormindo

Da minha cama
Do meu travesseiro
Dos lugares que eu posso visitar
Enquanto fecho os olhos

E mergulho
Vou profundamente
E viajo
Me perco
Não tenho hora para voltar
E nem hora para chegar


Naquele lugar
A vida ainda tem algo a oferecer
E mostrar que tem um sentido

Mas mesmo assim
Neste entorpecimento
Não era para estar assim

Então
Semana que vem
Eu volto
E ajustamos a dose

Tudo bem…
Mais um pouco
Para que a vida possa voltar a ser
O que nunca poderá ser mesmo.

Surpreendida de verdade

Padrão

nudes

Hoje você me chamou
Mandou uma pergunta logo de cara
E eu comecei a rir
Rir de nervoso
Daquelas perguntas
Que primeiro a gente se apresenta
Faz um elogio
Inventa uma desculpa

Mas você foi você
E foi de supetão
Certeiro
E devastador

Essa semana está tão
Tão estranha
Daquelas que de normalidade
Não dá nem para entender
Porque não há

E você com sua pergunta
Piorando
Fez uma proposta
Mandou algo que não precisava
Mas eu deixei
Queria ver até onde iria

Mas eu me enganei
Não tinha limite
Não tinha razão
Senso algum

Ainda estou tentando entender
Que a sua loucura
Te levou ao limite
E que a confiança
Te levou ao limite

Mas isso
Isso você quebrou
Isso você nunca teve
Isso você quebrou ha tempos

Tem gente que nasce sem isso
E com certeza
Você é uma dessa pessoas

Para deixar um pouco pior
A culpa foi toda minha
Eu deixei…