São para você 

Padrão

voce.png

Escrevo
Estas palavras
Todo dia
Essas palavras

Esperando
Fingindo
Acreditando
Desejando
Evitando

Mas no fundo
Sim….

São para você

Que pode decifrar
O segredo
O não dito
O encoberto

Dos rastros
Da lógica

Da falta que há em mim
Por você

Imagino
Você lendo
Se dando conta
Do que é obvio

São suas
Minhas palavras
Meu tempo
Meu coração
Meu respirar
Minha vida…

Mas
Não custa
Enlouquecer
Todo dia mais

De esperar
Acreditar
Que agora você sabe
Agora você entende
Agora você consegue

Você finalmente
Aceita meu amor
Por você

Anúncios

Pode entrar

Padrão

podeentrar

Te esperei
Fingi que não
Que era normal
Um dia qualquer

Você disfarçou
Também era igual

Não acreditava
Na sorte grande
Daquelas que nunca batem
Na nossa porta

Achou que era um engano
Uma maldade
Um desencaixe

Mas depois
Se deu conta
Que era verdade

Te esperei
Não uma vida
Mas algumas decepções
Me fizeram desacreditar
Nem mais ousar
Desejar
O que há para a vida
Lá fora

Mas você aceitou
Anotou telefone
Confirmou endereço
Aceitou o convite

Pode subir
Seja bem vindo
Eu vejo você

Você me vê
Você me ouve
Você entende
Você  respeita
Você  aceita

Eu te aceito também.

Eu acredito

Padrão

amor amizade
Estava pensando
Você me dá tanto
Mais do que eu consigo explicar

Mais as vezes

Acho que por isso
Demoro tanto para voltar

Porque eu preciso de tempo
Mas também
Porque a gente é assim

Vai e volta
Vem e vai

Mas no nosso tempo

É tanto encaixe
Tanta verdade
Tanta reflexão

Que para isso
Precisa mesmo de tempo

Mas sempre é
Uma surpresa
Um presente

Um encontro
Daqueles
Para mim
Com o meu ídolo

Que eu disfarço
Finjo que está tudo bem
Que é normal
Mas fico pensando
“É de verdade mesmo?
“Me belisca, que é um sonho”

Mas de sonho
Virou realidade

E mesmo na minha ausência
No meu silêncio
Na minha distância

Nunca
Esqueço de você
Do que é
Do que me deu
Do que me dá…

Sabe quando você disse de missão
Do que é o que veio fazer nessa vida?

Pois é
Te conhecer
E aprender
Já fez parte da vida valer a pena

E ainda tenho esse sonho
Quase uma obsessão
Te você
É aquele sonho
Que eu não me canso de querer

Mas eu disfarço
Finjo que está tudo bem
Que é normal
Mas fico pensando
“É de verdade mesmo?
“Me belisca, que é um sonho”

Eu não desisto

Até o dia que você finalmente
Responder….

Que cor eu vou?

Padrão

alergia-esmaltes

Nas pontas dos dedos
Eu me defino
Nas cores que escolho

Semana passada foi cinza
Não mais nas roupas
Apenas nas unhas

Como uma expressão do que havia
De existir na alma

Depois foi para o azul
Escuro
Mas não significava
O que era para ser
Foi apenas por acaso

E neste acaso
A semana toda foi assim
Destes encontros
E tudo era azul
Em todos os lugares
Achei divertido

E hoje
Me segurei para não sair correndo
Ir a loja mais próxima e me jogar
Porque eu queria vermelho
Mas não os vermelhos que eu tenho
Eu queria um vermelho
Que já está guardado

Respirei fundo
Me fiz de besta
Como se enganasse uma criança

E passei rosa
Nunca passei rosa antes
Eu não sou uma menina de rosa

Na verdade eu não tinha me dado conta
De ser uma menina

E dormi em cima da cor

Amassei o rosa
Mas fiquei pensando
Que essa é minha expressão
A minha forma de autorizar
De aceitar e talvez reverenciar

A parte menina
Que deixada de lado ficou
Por muito tempo

Mas educadamente eu peço
Venha
Eu cuidarei bem de você…

Para você

Padrão

escada-luzSabe menina
Você nunca vai saber

Que um dia
Há muito tempo atrás
Eu fui você

Nos desejos
Descompassos
Desencontros
Desencaixes
E devaneios

No desejo de ser
Ter e querer
Que o mundo todo
Pudesse caber
E me pertencer

Que as coisas fossem
Na simplicidade do meu querer
Na realidade que meu coração
Era capaz de enxergar e acreditar

Que tudo aquilo não passava de um pesadelo

E eu construí um pesadelo
Muito parecido com o seu

Mas o meu erro
Foi diferente

Eu entreguei meu coração a alguém
Que colecionava corações
E fui mais uma

E de tanto querer
Desejar e não acreditar
Que um dia
Em uma esquina qualquer
Eu pude ver ele lá
Pertencendo a uma lata de lixo

Do lugar que ele deixou eu ocupar
E eu pertenci a esse lugar
Por muito tempo

E sabe menina
Eu senti
E eu te entendo
De tudo o que você me dizia

Mas isso você nunca poderá saber

E para além de tudo isso…
Eu fiz igual…
Na exata medida do que você fez…

De querer que o fim fosse
O meu ponto de equilíbrio
Onde as coisas voltassem a ser
Onde eu pudesse ter paz
E sentido
E o fim da dor

E hoje
A dor não existe mais

Mas isso eu nunca poderei lhe dizer

E esse é mais um segredo
Que guardarei em meu coração

Mesmo você não sabendo

As minhas lágrimas
Em silêncio
Transbordaram em você

E no descompasso do tempo
Do que não tem sentido hoje
Desse coração desesperado
Dessa alma em descompasso
Da ordem ausente

E o tempo
É seu melhor amigo…

Mas talvez
Você nunca saiba disso…

Você nunca poderá saber
De mim.

Por um minuto de esperança

Padrão

crianca e borboleta

Te peguei em minhas mãos e te admirei
Como se fosse uma peça das mais delicadas
Puro artesanato de modelo único
Com o brilho que resplandecia e inebriava
E em alguns momentos mostrava a sua face oculta

De pura brutalidade esperando
A pessoa ideal que seria capaz
De moldar e trazer verdade, sossego e amor

E por um minuto
Consegui acessar seus pensamentos
E você me deu de presente as minhas memórias
Mais remotas de um dia em que você pertenceu a mim

E fez minha existência plena e cheia de sentidos
Significados, gostos e gozos
E me fez acreditar no dia seguinte
Nas promessas e verdades

De que a vida valia realmente a pena ser experienciada
E de que tudo isso realmente vale a pena ser

E você me intuiu de uma maneira
Com um toque único das palavras que bailam através dos pensamentos
E me disse para ter paciência
Para ter confiança e fé

E acreditar que tudo isso há de valer a pena
Que todos os dias e noites vazias
O silêncio do coração partido
A escuridão do medo e da solidão
Um dia serão iluminados pela surpresa

De um amor doce e sincero
De uma vida plena e perfumada
De dias quentes e acolhedores
De noites frias e encantadoras

E em um momento de suspiro
Que encheu meu ser de esperanças e querer

Você sorriu e me beijou o rosto

E se foi
Deixando em mim a certeza

Eu vou te esperar
Eu vou fazer tudo valer a pena.