Do telefone que não toca mais

Padrão

Giz - Legiao Urbana2.png

Quase como um mantra
Uma oração preciosa
O momento esperado
Era o mais esperado

E você sempre ligava
Todo dia ligava
Sempre…
Até a bateria do telefone apitar…

E não dava tempo de recarregar
Porque era muita coisa
Muito assunto
Muita novidade
E talvez nem tivesse nada
Mas era você
E era eu
Já bastava

Das palavras que transbordavam
E viravam cartas
Cartas e mais cartas
Palavras e mais palavras
Códigos reais e imaginários

E o telefone continuava tocando
Mesmo quando o que nos uniu
Se foi…

Mas não há de ser nada
A vida segue
E eu aqui
Lembrando que essas coisas
Ficam guardadas na lembrança
Nos cantinhos do coração
Naquele baú de memórias
Que ninguém irá tirar do lugar
Que foi guardado

E esse carinho e respeito
Esse lugar que faz bem
Ficará para sempre aqui
No peito
No altar das melhores amizades
Do tempo que não volta mais

Mas que foi vivido
Do jeito que deu
Do jeito que dava
Mas foi…

E isso
Isso já vale uma vida inteira.

Da confiança que você me deu hoje

Padrão

menina.flor
Chegou sua mensagem
Já havia tanto tempo
Tanta história
Tanto sentido

Mas você trouxe palavras
Perguntas e possibilidades
Lançou seu coração
E me fez perceber
Como poucos você permitiu
Aquela menina

A menina pequena
Frágil e doce
Que às vezes fica no cantinho
Olhando as pessoas passarem
As coisas acontecerem

Percebi que ficou sem graça
Porque não é dada a pedir ajuda

Sempre faz tudo sozinha
Porque aprendeu que tem que ser assim
Ela é forte
Mas as vezes esquece que é menina

De tanto tomar conta de todo mundo
Esqueceu de cuidar de sí mesma
Sem querer…
Aceitou amor pela metade
De alguém que não dá
Apenas toma…

E essa conta não fecha nunca…

Ela dá…
Ele não dá…
Ela ama…
Ele não sabe…
Ela espera…
Ele enrola

A vida passando

Mas essa menina tem outros amores
E sabe como cuidar muito bem eles

Neste momento da vida
No dilema do que é posto
Escolhe o que tem de ser
Cuidar do amor maior
Do presente especial
Que foi o maior que a vida lhe deu
E só podia ser dela

Pois esse tipo de amor
Ela sabe
Ela tem
Ela transborda

E como na vida não há enganos
Nem atalhos que levam a lugares incertos

A estrada dela
Os caminhos escolhidos
São os certos
São os únicos
E são seus!

Você está no caminho certo
Você está fazendo certo

E confie
Os seus dias
São os dias de hoje
Muito bem vividos
Pois inteira você sempre foi

Da vida que pede intensidade
Da vida que te pede
Do que você sabe que é
O seu lugar neste mundo

O do amor
Que só você compreende
Amor que se basta e fim.

Cadê você?

Padrão

legião urbana

Hoje eu ouvi uma música
Lembrei de você

Voltei no tempo
Fui naquele lugar
Onde nos encontramos a primeira vez

Mas depois fui mais
Muito mais longe

Quando soube que você
Era você e sobre
O que você gostava
E gostava mais do que eu

Não acreditei
E escrevi

Coloquei o CEP
E era tão inocente
Que você me achou na lista
E ligou…

O telefone tocou
E eu não acreditei
Tinha sido descoberta
Como podia ter sido tão amadora?

E todas as cartas
Todas as ligações
A primeira vez que você veio em casa

Depois…
As vezes que você me ajudou
Me ofereceu seus ouvidos
Me ofereceu seu ombro
Mas acima de tudo
Foi paciente e compreensivo
Porque da loucura
Eu já era melhor amiga
E competia com ela por atenção e lugar
Ganhei várias vezes…

E o tempo
A vida
A rotina
As loucuras
As escolhas
A maturidade
A falta de maturidade
O que se fez presente….

Nos deixou ausentes…

Mas hoje
Eu senti saudades
Do que um dia houve de ser
E do que nunca sairá de meu coração
Do lugar e da vida que você me ofereceu
Da sua risada
Das suas broncas
Da sua sabedoria
Mas acima de tudo
Pelo melhor amigo
Melhor que eu já tive um dia de ter
Por você, eu teria sido menos louca
Se eu soubesse

Mas eu só sei hoje…

Da loucura que hoje toma remédio
Faz terapia e equilibra-se
Entre dias e noites

Por toda a amizade
Tempo e tudo mais

Fica aqui minha gratidão
E meu grande amor por tudo o que houve.

Você

Padrão

novo_coracao

Onde você me achou depois de tanto tempo?

Não vou mentir
Estranhei a mensagem

Estranhei tudo no final das contas

Mas eu estranho tudo mesmo…
Sempre é assim

Minha cabeça teve que parar
Por alguns instantes para compreender
Do que se tratava tudo isso
Afinal de contas

De onde você surgiu?
Onde você esteve esse tempo todo?

Não na vida….
Na vida não importa…

Mas dentro de mim?

Eu te atropelei com o tempo
Me afoguei nas lágrimas
Tentei acabar com tudo!
Acabar com tudo, o que?

Acabei com nada…

Te procurei
Em todas as entradas
Esconderijos
Calabouços
Alçapões
Armadilhas

Te achei
Guardado em uma lembrança
Naquele dia que fui dormir
Pensando em você
E foi a primeira noite
Que eu não dormi
Por causa da paixão…

E agora
Eu fico tentando achar sentido
Lembrar o que era
O que houve
O que foi
O que não foi

E por um instante
Fiquei triste
Comigo mesma

Porque eu me dei conta
Que por você
Eu não fui
Nunca

E na final das contas
Eu não fui nunca
Para ninguém…

Amor

Padrão

amor1

Oi
Você nunca soube e nunca vai saber
Um dia eu te escolhi
Quis querer te

Dos olhares que se cruzaram
E da estranha sensação
De que um dia
Já houve nós dois

Daquelas certezas
Que não se explicam
Das coisas que a vida oferece
E a gente só pode agradecer

Da sua presença
Do seu sorriso
Do lugar que você ocupa
Em sí e na vida

Da leveza que existe
Quando você se faz presente

Do seu sorriso
O sorriso mais lindo
Do seu abraço
O melhor abraço

Das suas palavras
Que são enigmas
Que finjo não entender
Para deixar a conversa nos levar

Mas finjo não entender
Que você quer algo
Que não sei se poderei oferecer
Porque desta condição
Eu me recuso a pertencer

Então
Finjo não saber
Finjo não entender
Finjo não perceber

Dessa loucura
Me equilibro
E você acredita

Mas se não fosse assim
Eu prometo que aceitaria
Eu prometo que sim

Sim
Eu te daria meu mundo
Em troca do seu.

Tenha fé

Padrão

realeza

Seus olhos com lágrimas
Se esforçando para não chorar
Como se fosse um desafio maior
Ser forte acima de tudo

E quando você me disse
Que queria tanto
Sabia bem o que queria

Por um instante
Olhou para o chão e recuou
Dizendo que talvez…

E me fez pensar
Que não existem histórias erradas
Nem os tropeços são errados

E quando você lá atrás
Teve de recalcular a rota
E acabou se sentindo mal porque a vida
Criou novas alternativas

E você disse que talvez pudesse ser evitado

Mas já tinha tanta coisa para ser evitada
Segurando a barra da vida dos outros
E sendo a fortaleza do mundo lá fora

A vida te deu
O presente que faltava
Te colocou no lugar certo

E você mesma disse
Não há vida depois disso…

Então a verdade e a certeza é essa
De ganhar o presente que veio
De conhecer novos caminhos
E a certeza era essa

Quase um tombo
Mas que te fez levantar
No lugar certo
Na vida certa
Encaixada onde sempre foi o lugar certo

O lugar do amor!

Te entendo na alma

Padrão

PRINCESS

Você me disse que tem que ser forte
Que tem que dar conta do mundo
Das coisas e estar lá
Para o que dér e vier

E que não estar bem
Te coloca em um lugar estranho
Porque os outros precisam de você

E você se diz responsável por isso

E me disse que se as pessoas
Tem diante delas mesmas
As possibilidades e caminhos
Para fazerem o bem
E elas não o fazem…
Isso tira delas o que pode haver de melhor
Mais puro e nobre em uma existência…

Te olhei
Tentei entender
Compreender a profundidade das suas palavras
Na hora demorei para entender
E processar a grandiosidade do que me era oferecido

Talvez
Neste momento
Você também estivesse falando de si

De estar em falta com o mundo
Com as pessoas que esperam
O seu sorriso
O seu bom dia
A alegria que só você tem…

De alguma maneira
Estar em falta com você mesma…

Então menina
Te peço
Só por hoje

Confie
Que a vida que se oferta
Que lhe é oferecida a cada amanhecer
É sua…
Só sua

E se a bondade
Não lhe ocorre onde estás

Não se culpe
Não se torture
Não pegue para você
Não seja escudo…

Pois sendo escudo
Tu escondes de ti mesma
Todo o amor que há a ser oferecido
E que as pessoas esperam de ti!

Porque tu és menina…
Luz!

E quando ela é da alma
Não há desencaixe
Não há dúvidas
Não há incertezas…

Se isso te aflige…
Tenha certeza:
Isso pertence apenas as trevas que estão ao seu redor.

As vezes brilhar dá trabalho…