Toca (de novo) Raul

Padrão

CRIANÇA-OUVINDO-RÁDIO

Saudades dessa época…

Anúncios

São para você 

Padrão

voce.png

Escrevo
Estas palavras
Todo dia
Essas palavras

Esperando
Fingindo
Acreditando
Desejando
Evitando

Mas no fundo
Sim….

São para você

Que pode decifrar
O segredo
O não dito
O encoberto

Dos rastros
Da lógica

Da falta que há em mim
Por você

Imagino
Você lendo
Se dando conta
Do que é obvio

São suas
Minhas palavras
Meu tempo
Meu coração
Meu respirar
Minha vida…

Mas
Não custa
Enlouquecer
Todo dia mais

De esperar
Acreditar
Que agora você sabe
Agora você entende
Agora você consegue

Você finalmente
Aceita meu amor
Por você

Dos encaixes e metades

Padrão

CAFÉ PELA METADE

Era você
Do começo
Ao fim

Era você
Quando eu não
Quando eu

E mesmo assim
Você
Esperou
Quieto

Respeitou minha loucura
Meu desencaixe
Minhas fugas
Todas minhas tentativas
A minha morte
E finalmente
Minha vida

Quando olho
Quando digo
Quando só tento
Mesmo sem saber

É você
Do começo
Ao nosso encontro
Ao nosso encaixe
Ao que é
Por que você soube
E aceitou
A metade do que é
Metade do que há
Metade
Das metades
Partidas
Quebradas
Borradas
Rasgadas
Largadas

Era você
Para mim

Hoje
Inteiro
De mim
Há de ser
Você

Fé de volta

Padrão

UMBANDA.jpg

Quanto tempo se passou

Perdi a conta
A noção
Deixei lá atrás

Parti na carroça

Segui o caminho

Deixei as lembranças
O relógio
A saudade
A roupa branca
De lado…

Guardei
Mas esqueci

E novamente
Ouço
O chamado
A voz
De quem me cuidou

De quem me levou
De quem me deu guarita
Mesmo eu dando as costas

E sei
Que vocês voltam
Me deixam voltar
Me deixam entrar
Me deixam
Vestir

E eu me ajoelho
Reverencio
Olho para cima
Agradeço

Foi pouco tempo
Em meu coração
A eternidade

Mas amor esse
Que o reencontro
Faz esquecer tempo
Saudade
Maldade
Sacrifício
Desespero

Eu quase fui
Dessa vez eu quase

Mas me estenderam as mãos
Me deram colo
Beijaram minha testa
E eu adormeci

Duas vezes….

Agora
É hora de despertar

Abrir a porta
Abrir a janela
Deixar o novo vento
O novo ar
O novo sol

Entrar

Na vida que é nova…

Percebi agora

Padrão

lovebach

Eu peguei as coisas

Fui embora

Para tão longe

Esqueci
De avisar…

Ontem
Você bateu na porta

Me trouxe de volta
O que eu tinha esquecido

Você disse que guardaria
E eu esqueci de pegar de volta

Mas você voltou

Como sempre
Entrou pela porta da frente
Me entregou a sua chave
Me pediu a senha
Entrou…

Fez seus pedidos
Me fez recomendações
Exigências de sempre
Presentes novos
Suas condições
Para ficar comigo
Nos próximos 365 dias

Eu aceito
Suas exigências
Eu aceito
Minhas novas responsabilidades
Eu aceito
O que você me dá
Do jeito que você me dá
Quando você quer dar

Eu aceito

Porque por “você”
Não tem sacrifico
Não tem perda de tempo
Não tem solidão

Com você
Tudo ganha forma
Sentido
Luz
Lugar

E
Mesmo na minha ausência
Na minha mudança
No meu estranhamento
E esvaziamento

Você nunca me deixou
Nunca deixou
Ou esqueceu
Onde me achar

Então
Entre
Minha vida é sua vida agora.