Passa longe que tu fez merda

Padrão

cala a boca

Primeiro você mandou uma mensagem querendo uma opinião
Respirei fundo…
Contei até sei lá que número
Pensei que tenho que ser uma boa pessoa
Porque assim dizem os preceitos religiosos

Fiz a louca e respondi direitinho
Fui tão simpática que até me admirei
Quase me dei uma estrelinha de parabéns

Depois de alguns dias você manda outra mensagem
Em dia e horário inapropriados
Eu respondi
Mas o dia, o horário
E eu estávamos no lugar errado

Perguntei o que era
E você não hesitou
Disse que não estava bem…
Quer dizer, não sabia se não estava bem…
Disse que estava tudo bem…
Mas que antes que ficasse mal
Não sabia o que fazer…

Consultar os oráculos?
Os deuses astronautas?
Pedir ajuda para algum deus
Usar sua droga predileta

E acabei descendo a ladeira da fineza
Que esse dia eu não “tava boa”

E perguntei se neste mundo de fast
O que você queria era que eu lhe oferecesse
Fast Ajuda nesse mundo superficial em que você vive
Nessa merda de lugar que você ocupa

E para fechar você me diz que ia procurar alguém
Com mais qualificação

Rí alto
E lembrei que era você sendo você
E qeu não me cabe submissão
Ou “retrucação”
De um lugar que você só enxerga o seu umbigo
O mundinho cretino que você criou
Para a vida fazer sentido

Não costumo ter dó das pessoas
Mas este dia
Esse dia eu senti dó

Por que falou mal de mim para a pessoa errada
Inventou história de mim para a pessoa errada
E não imaginava…
Que isso chegaria aos meus ouvidos

Não tem problema
Você sabe que eu sei
E daqui para frente
Você não vai mais saber de nada…

Você escolheu
E eu sei cobrar

E sim…

Sei ser má…

Anúncios

O que mesmo?

Padrão

homer

Hoje eu saí para resolver alguns assuntos e no meio do caminho me dei conta que o meu celular estava sem bateria.

Como assim meu Deus??

Como eu deixei isso acontecer?

Quanta irresponsabilidade da minha parte!!!

Como uma pessoa que faz isso:

Quer um dia ter filhos?

Constituir uma família?

Cuidar de uma samambaia?

Ter um cachorro?

Perder 10 quilos?

Encontrar o amor da sua vida em um café da cidade?

Cuidar do sobrinho de dois anos enquanto os pais saem para fazer compras?

Dirigir a cinquenta quilômetros por hora na marginal em São Paulo?

 

E tomei a decisão mais sabia de toda da minha existência neste dia…

 

Voltei para casa e busquei o carregador.

 

Ufa…

Mas e a tomada?

Sarna para me coçar

Padrão

cabelo vermelho

Um dia eu estava de saco cheio de tudo
Mas aquele saco cheio de tudo mesmo
Tudo me deixava injuriada
Tudo me irritava
E eu no tédio da vida
Sem saber para onde ir

Ai resolvi mudar a vida radicalmente

Comprei uma tinta vermelha
E em um momento de pura rebeldia
Pintei o cabelo com essa cor

E a vida ganhou outro tom
Outras possibilidades
Outras reflexões

E só a partir dai me dei conta
A minha vida era bem melhor antes…