Para meus amigos

Padrão

los-amigos-se-preocupan-por-ti
Há um certo tempo, eu estou ausente.

Ausente dos lugares
Ausente das convivências
Das mesas de cafés
Das mesas de bares
De todos os lugares

Algumas coisas aconteceram
Durante os últimos anos
A vida me fez mudar
Desmudar
Passar por algumas fases

Algumas foram boas
Outras quase foram o fim

No silêncio
Eu fiquei procurando lugares
Sentidos e motivos
Sensações, razões
O que pudesse me fazer entender
Me pudesse fazer compreender

E sem me dar conta
Fui tragada
Para uma vida
Silenciosa
Misteriosa
Mas acima de tudo
Ausente

Esqueci de olhar para fora
Esqueci de ser eu mesma
Esqueci de quem valia a pena
De quem de alguma maneira
Ainda mandava mensagens
Que ainda se importava
E queria me ter por perto

Custei a acreditar
Que de alguma maneira
Isso pudesse ser verdade

Mas agora
Me dou conta
Que sim

E peço desculpas
Pelo meu silêncio
Pelo meu mau humor
Pela minha ressaca moral
Pela minha tristeza
Por minhas tentativas de ir embora

Peço desculpas
Pela minha ausência
Pela minha falta de tempo
Pela minhas esquivas

Mas acima de tudo
Por de alguma maneira
Não ter feito
Permitido e autorizado
Você
Continuar fazendo parte da minha vida

E se ainda houver tempo
Lugar e valor

Te peço
Mais uma chance…

Você me aceita de volta?

Anúncios

Vem aqui

Padrão

CUIDODEVC

Me dá a sua mão
Fica aqui comigo
Me deixa ser
Me deixa estar
Fica aqui ao meu lado…

Me diz o que você quer
Me conta os seus planos
Deixa eu cuidar de você

Passar a mão nos cabelo
Fazer carinho
Te dar um abraço

Me dá mais tempo
Tenha um pouco de paciência
Me dê seu sossego
Me mostra o que é
Como eu posso fazer
Para te amar

Do doce que você mais gosta
Do melhor vinho
Do seu lugar predileto no mundo

Deixa
Eu dirijo
Eu te levo

Mas vem comigo
Por favor

Deixa eu cuidar de você
Me mostra como te fazer feliz

Eu farei
Eu prometo

Dessa vez
Eu prometo
Eu vou fazer dar certo

Porque você sempre tentou
E eu sempre tive medo

Mas dessa vez
Eu te peço
Só mais essa chance…

Pega leve

Padrão

baloes

Aquele dia
Eu me lembro bem
Senti o corpo congelar
Começou na cabeça
E rapidamente foi até meus pés

Mas isso foi só de novo…

Eu tinha me esquecido
Como era sentir isso

E passando na história da vida
Me dei conta
Que todo mês é uma novidade

Fiquei pensando
O que meu coração
Deve estar pensando

Porque no final das contas
Daqui a pouco ele cansa
De bater e de apanhar
Ele explode e parte dessa
Para um lugar qualquer

E consegui lembrar
Quando cai da escada a primeira vez
Ou uma das vezes

E agora
De tropeço em tropeço
Acordar de manhã
É quase um milagre
Uma força maior
Que opera nesse lugar
De esperança e fé

Me pergunto
E respondo depois
Obrigada…

Por ainda me dar uma chance

Mas por favor…
Pegue só um pouquinho leve…

Minha vez…

Padrão

chanche

Por uma fração de segundos

Diz que me ama

Só por uma fração de segundos
Diz que sim
Eu sou a razão
Eu sou o que completa
E que faz sentido
Traz sentido
Traz encaixe
E exatidão
Para tudo o que falta
Em seu peito
Em seus dias complexos
Em suas noites frias e solitárias

Que minha presença
É por si só o suficiente
Para que as palavras
Os sentidos
E os perfumes fiquem
Ganhem um novo tom
Um porque sim

Me peça para ficar
Não me deixe ir embora
Mesmo se eu pedir para ir

Não destranque a porta
Jogue a chave fora

Diga que sou eu
Diga que comigo sim
Vale a pena

Diga por fim
Que pela eternidade
Há de haver sentido
Desejo e intenção
De que a vida vale a pena

E que a espera valeu ser
Em todas sequências e consequências
Do que falhou e foi para o bem
Do que funcionou com a pessoa errada

Por que eu estava aqui
E você estava ai
E agora estamos
E somos
E não há de haver mais nada

Nenhuma palavra
Nenhuma certeza
Nenhuma intenção
Nenhuma falta
Mas acima de tudo

Agora estamos aqui
E que seja eterno
Pelo simples brilhar
Que existe nos olhos
Quando estamos frente a frente

Por si só
Por apenas nós
Certo de ser o certo
E de ser o belo
E de ser o bom
E de ser doce
E de não precisar ser
Pois por si só se faz e basta.

Time is over

Padrão

perdeu-a-vez

Olhei para o lado e lá estava você
Mas de onde será que você surgiu?

Quanto tempo já estava aí me observando?

E como um perfume marcante
Sua presença avança
E vai além do que eu gostaria de ter

Não que eu não sinta a sua falta
Não é nada disso
Mas no final das contas

Para que serve isso tudo afinal?

O que você quer de mim
Uma vez que você já levou tudo
E me deixou aqui

Há muito mais do que o tempo
E muito mais do que minha memória
Pode acessar e se recordar

E agora se trata apenas
Desse estranhamento de saber
Que um dia você esteve por demais próximo

E teve livre acesso ao meu universo particular

E essa reaproximação
Se trata apenas do seu vazio

De buscar abrigo onde um dia foi seguro

Mas te aviso

Nem tente vir buscar
O que um dia eu lhe ofereci de graça

Pois o jogo virou
Eu cresci
E troquei a senha

Agora
Não existe mais encaixe
Entendimento ou querer

Simplesmente
Porque assim como você

Eu estou interessada em outros caminhos

E agora

Eu não sei voltar para o que um dia houve de ser com você.

Para que estragar tudo com palavras?

Padrão

casal na cama

Hoje meu despertar foi alegre e sereno
Fiquei alguns instantes deitada na cama
Pensando nos dias, na vida, nas coisas

E olhei para você
Deitado ao meu lado
Dormindo um sono tranquilo e sereno

Pensei em tudo o que você já me ofereceu nesta vida
Na nossa história de passado
Eu fui a errada

Você nunca disse nada
Eu sei
Mas eu tinha esperanças
Que tudo aquilo poderia ser algo um dia

E lá atrás tudo virou confusão e fantasia
Minha cabeça é muito boa em fazer isso
E acabei fugindo para longe
Porque no final das contas você nunca me disse nada
Não prometeu nada e não quis nada

E eu queria a certeza de uma vida melhor
Que nunca haveria de ser ao seu lado

E avanço no tempo e me deparo com o agora
Com uma pessoa que está ocupando
Meus dias e meus pensamentos

Mas que não acessa meus sentimentos
De maneira alguma consigo acessar meu coração e sentir
E fantasiar, desejar ou fazer

Sou apenas eu
Lhe oferecendo algo de bom
E sabendo que estou recebendo algo de bom

Mas que no final das contas
Não será nada

E um insight me é dado
E o que vale nesta vida?