Descanse

Padrão

amoraceito

Cheguei em casa

Você já estava lá

Dormia
Fiquei um tempo

Quieta

Sem acender a luz

Ou fazer barulho
Fiquei te admirando

Pensando

“Que homem forte que me contempla”
Daquelas histórias

Que vamos em filmes

Sonhamos acordadas

Do Príncipe

O meu encantado
É a minha vida
E faz finalmente valer a pena
Valeu cada tropeço

Cada descuido

Cada coração partido
Hoje eu entendi

Só hoje eu posso

Oferecer e receber

O que é esse amor
E esse amor

É seu

Só seu

E de mais ninguém
Você me deu

Eu reconheci

Eu aceitei
E agora

Eu vivo

Anúncios

Coração partidinho

Padrão

Menina coração sangrando_thumb

Sabe

Eu sei

As vezes finjo

Que não
Me importo
Vejo
Interesso
Compreendo
Ouvi
Li
Recebi…

Eu sei

Sei que está
Chegando ao fim

Esse dia
Já é visto
Com lua no céu
Hora no relógio
Data no calendário

E de novo
Eu finjo
Que não vai doer
Não vou me importar
Não vou chorar
Não vou lembrar

Mas hoje
Meu coração
Me diz que eu preciso
Ser forte
Não posso hesitar
Como a certeza da vida
É a morte

Sua mala
Já está pronta
Seu novo amor
Te espera

E você
Partirá

Eu já me preparo
E parto
Meu coração
Em pedaços.

Do que ficou

Padrão

MEU AMOR

Olho ao redor
Tento compreender
Talvez ser
O que houve
Essa mudança boa

Quando olho ao redor
Eu procuro
Mas na verdade
Eu não quero mais não

Eu quero

O simples

O que cabe na mala
O que cabe no porta malas
O que cabe no meu coração

Dessa vida
Eu quero meus pulmões
Cheios de ar
Cheios de vida
Cheios de sol

Eu vou lá
Dar uma volta lá fora
Sem hora para voltar

Eu vou lá…
Eu volto

Eu sempre volto…

No seu lugar

Padrão

areia

Me dê sua mão
Me leve até seu mestre
Me mostre seus segredos
Me ofereça
O que só você
Em toda a minha vida
Em toda a existência
Me ofereceu

Me deu
Me devolveu
O lugar
O sentido
A direção
A emoção
Meu coração

Me devolveu
O que era óbvio
Mas eu não enxergava

Porque olhar para fora
Olhar para longe
Olhar para cima

Me fez esquecer
De olhar para dentro
Olhar para baixo
Olhar para mim

Você me deu isso
Você me deu o algo a mais
Você me devolveu o olhar
De mim…

Então
Agora
Pés no chão
Pés na terra
Pés na areia
Pés no mar…

E a vida
Me leva
Para o lugar
Que tem de ser
E sempre teve…

Partiu

Padrão

corazon-con-cerradura-y-llave

Do jeito que você chegou
Você partiu

Demorei um tempo para compreender
O que foi tudo aquilo

Porque no final das contas
Não pareceu nada

Olhei ao redor
Procurei o que era
O que estava faltando

Após um suspiro
Lembrei de você

E que havia sido
Na noite passada

Você passou
E não ficou

Demorei para entender
Porque um dia eu quis
Mais do que tudo
E pedi para você sair

Hoje
Você veio
Ficou
Tomou café
Foi embora

Lembrei o que faltou

Você devolver a chave…

Coração batendo

Padrão

sentido
Respiro fundo
Olho ao redor
Solto o ar…

Meu coração dispara
E sinto o vazio
Como se o peito
Fosse oco

Talvez o peito
Seja oco mesmo…

Suspiro
E o ar frio
Aquece meus pulmões
Faz meu coração
Acelerar

Mas continua lá
Batendo
Vazio

Sentido para quê?
Sentindo o quê?

Olho ao redor
Novamente tudo fica assim
Deslocado

Porque o coração bate
O ar esquenta
O mundo fica aqui
Parado diante dos meus olhos

Mas que mundo é esse mesmo?

Estava certo…

Padrão

nota 2

Você me procurou
E meu coração assustou
Não bateu forte
Só ficou sem entender

Desconfiei
Porque as coisas não são
Nunca foram
Nunca serão assim

Me fiz de besta
Deixei você me enrolar
Para ver até onde iria

Já fiz graduação
Sei como são essas histórias

Eu já quis tanto
Um dia eu fiz isso

Cuidei do jeito que era
Do que eu acreditava
Eu achei que poderia
E a vida me mostrou que não

Você chega com a mesma história
Mas esqueceu de perguntar
Se eu tinha diploma

Sim
Eu tenho diploma
E fui além
Quando provoquei
Para ver até onde iria

E deu certo…

Mas eu sinto muito
Não vou te cuidar
Não vou te oferecer
Não posso cair nessa
E nem quero…

Sabe por que?

Porque você não vale
Não vale a pena
Não vale o risco
Você não vale nada nem para você…