Presente vazio

Padrão

amargo
Você me deu
O que falou que daria

Você veio
E fez o que era

Achei
Que seria diferente

Mas não tem diferente
Do que sempre é igual
Do que sempre foi
Do que você é

Nunca haverá de ser
Você diferente
Do que eu queria
Do que eu esperava
Do que eu achava

O lugar é meu
De achar
Esperar
Querer

Você tem
O que quer de mim
Nunca quis mais
Nunca quis menos
Sempre quis
O que é

E eu
Mudo as vírgulas
Os pontos
As exclamações

Fazendo o sentido
Do que eu quero que tenha
Do que eu quero que seja
Do que não
Não é nunca

Agora
Fico sem ar
Quando ele me falta
Sei que é

Na verdade
As palavras
Ausentes
Preenchem o pulmão
De vazio

Essa é a lógica…
Sempre foi, não é mesmo?

Anúncios

Por que acreditei?

Padrão

morDa vida

As palavras

Organizo
Considero
Interpreto
Ajudo

Do lugar delas
Uma nova ordem
Um novo sentido
Uma nova perspetiva
Novas possibilidades

Mas aqui
Me perdi

Esqueci
Desliguei
Esquivei
Falhei

Deixei passar

Ouvi no lugar errado
Reconfigurei a rota
O sistema falhou

Perdi…

Você me deu algo
Eu cansei de tentar
Interpretar
Seguir
Colocar no lugar

Mas o problema
Foi não perceber

Que não tinha lugar
Não tinha motivo
Não tinha sentido

No final das contas

Tudo se tratava de mim
Não é mesmo?

Sem lugar
Não tem o que se fazer…

Das palavras e escolhas

Padrão

chave

Eu só precisava saber o que dizer
Ou saber exatamente
Apenas exatamente
O que fazer

Daqueles dias que contamos
Regressivamente
Ansiosamente
No calendário

E chegou
Agora eu fico olhando para as paredes
Sentindo o coração bater forte

Mas nada
Nenhum movimento
Nenhuma palavra
Nenhuma intenção

Apenas fico olhando
Parada o dia que chegou de presente
E não tenho a menor idéia do que fazer
Com ele e com a minha vida nele

E o dia lá fora está tão lindo
Daqueles muito mais bonitos que os sonhados
Mas simplesmente não acontece
Não vai
Não liga

E daqui eu fico
Esperando que um milagre venha dos céus
E me tire desse entorpecimento
Dessa anestesia
Dese lugar de não existir
E não saber executar o desejo

Hoje

Talvez
Eu me obrigue e sair
Talvez eu consiga dessa vez…