14:35

Padrão

hoje

Hoje o interfone tocou

Eu olhei no relógio

Era 08:48

Um absurdo

Quem acorda uma pessoa

De madrugada assim?

Não fui atender

Virei para o lado e durmi

Durmi tudo o que havia

Para ser dormido dentro de mim

Acordei

Virei

Revirei

Desvirei

Abri os olhos

Levantar para arrumar a casa

Mas eu me dei um dia de folga

Na verdade

A gripe e a febre me deram

E eu apenas aceitei

Lembrei quem manda aqui

E levantei

Tomei café com leite

Em plena 15:30hs

E o dia foi assim

Perfeito

Como tinha e só podia ser

Sem fazer nada que estava na lista

Sem seguir nenhuma regra

Aquele dia

Que passamos de pijama

Conosco

Dando um pouco de sossego

E carinho

Porque nós merecemos…

Anúncios

Meeting

Padrão

amor-de-reencontro

Eu ia
Estava sempre lá
Quando ninguém ia
Eu estava lá

Sempre a primeira a chegar
A última a ir embora


Era meu único
Lugar
No mundo
Que eu podia
Ir

Colocava
Minha melhor roupa
Preparava a melhor frase
Ia
E quando acabava

Eu tinha de ir embora
Sonhando sempre com a volta
E eu sempre voltava

Quando deixavam…

Meu único momento
De tomar a vida
A liberdade
A sabedoria
Minha melhor versão

E quando acabava
Acabava minha farsa

Da vida que nunca foi
Da vida que acabou
Da vida
Que nunca mais
Terei.

Eu te amo, sempre te amei…

Padrão

amor da minha vida.png

Você
Sentada
Me olhando
Com aqueles olhos
Que brilham
Que ainda acreditam
E sabem
O que necessário
E cabe
No seu coração

Eu te olho
Com os olhos da vida
Que passou
Com os vendavais
Com os livros
Com a sabedoria

Com parte do que você
Sonhou
Desejou
Acreditou
Nunca imaginou

Eu te olho
Com meus olhos
Cheio de amor
De amor e de amor

E te agradeço

Pelo que você fez
Pelo que você sonhou
Pelo que você construiu
Pelo que você acreditou
Pelo que você amou
E por tudo
Tudo
Tudo

E hoje
Te estendo as mãos
Te peço
Vem

Vem comigo

Minha vinda
Minha vida
Meu futuro
Minha história

Só faz sentido
Só tem sentido
Só é
Se tiver você

Vem…
E me mostra
O futuro
Que você sonhou
Pra gente….

A Constelação que você me deu

Padrão

stars-in-our-sight.jpg

Nem sei a hora

Hoje o relógio despertou

Era mais tarde

Do que era para ser

Perdi a hora

Mas não queria ir

Querer eu queria

Mas passou

E você chegou

Atrasado

Do horário combinado

Eu nem sabia

Que chegou

Na hora certa

No certo do tempo

Do que era e tinha

Abriu um sorriso

Abriu os braços

Abriu o coração

Me deu palavras

Me deu um pouco de mim

Que havia lá atrás

Dos desencontros

Me dou conta

Faz parte

Do que é

De onde viemos

E está tudo bem

Me ensinou

Eu ensinei

Na despedida

Não quis partir

Mas era a hora

De ir

E você

Partiu

Me deixou inteira

Do que houve de ser

Consertado no seu coração

Meu coração

Completo ficou

E leve

Voltou a bater

Para lá

Me trouxe

Esperanças

E o recado que pedi

A Ele

Você foi

E nem sabe…

Sem sentir

Padrão

Meus parabéns!
Que fantástico!
Que feliz por você!

Fico olhando
As palavras saltitarem
Irem em direção a felicidade

Me esforço
Como se estivesse
Tentando decifrar
Um idioma conhecido
Mas de tanto não praticar
Esqueci

Quando alguém vem dizer
Que o gosto é bom
A música é boa
O lugar é lindo

Compreendo…

Mas quando é assim
Parabéns
Fico feliz
Que orgulho

Começa tudo de novo

Desse lugar que estou agora
Deixo claro
Para os que chegaram agora

Não tem gosto
Não tem sentido
Não tem feliz

Tem só apatia
Cores cinzas
(Não são cinquenta tons)

São apenas
Uma possibilidade remota
Lá no horizonte

Mas enquanto isso

Eu finjo que te entendi
E você finge que está feliz por mim…

Vidinha minha

Padrão

chave casa

Avisei que ia lá rapidinho

Me dei um tapa na testa

Briguei comigo

Que burra…
Pedindo para entrar
No que é meu

Ai lembrei
Que essa é vida

E está em transição

Para entrar e começar
No lugar que tem de ser

Fui lá
Peguei a chave reserva

E escolhi
A partir de hoje
Ir a hora que eu quiser

Trocar o miolo

E daqui pra frente

Só entra quem eu autorizar
No lar
Na vida
No pensamento
No amor…