Sem sentir

Padrão

Meus parabéns!
Que fantástico!
Que feliz por você!

Fico olhando
As palavras saltitarem
Irem em direção a felicidade

Me esforço
Como se estivesse
Tentando decifrar
Um idioma conhecido
Mas de tanto não praticar
Esqueci

Quando alguém vem dizer
Que o gosto é bom
A música é boa
O lugar é lindo

Compreendo…

Mas quando é assim
Parabéns
Fico feliz
Que orgulho

Começa tudo de novo

Desse lugar que estou agora
Deixo claro
Para os que chegaram agora

Não tem gosto
Não tem sentido
Não tem feliz

Tem só apatia
Cores cinzas
(Não são cinquenta tons)

São apenas
Uma possibilidade remota
Lá no horizonte

Mas enquanto isso

Eu finjo que te entendi
E você finge que está feliz por mim…

Anúncios

Menti para você

Padrão

SONHOS

Sonhei com você
Já é a segunda ou terceira vez
Só nesta semana

Me esquivei no primeiro
Fingi
Fugi
Me desenganei
Mas acordei
Lembrei de você

Depois
Você
Sendo você
No meu sonho
Mas na verdade
Você só é

Você é no meu sonho
O que eu quero
Na exata medida
Exato sabor
Exata sensação
Exato tudo

Os sonhos não mentem

Te quero
Mas escolho o silêncio
Que assim
Tem espaço para você

E só assim
Para você vir
Ser
E me oferecer
O que eu quero
Eu sempre quis
Eu sempre soube

Agora
Escrevo
Me preparo
Para dormir

Por favor
Vem me ver….

Eu te espero
Em meus sonhos

Eu acredito

Padrão

amor amizade
Estava pensando
Você me dá tanto
Mais do que eu consigo explicar

Mais as vezes

Acho que por isso
Demoro tanto para voltar

Porque eu preciso de tempo
Mas também
Porque a gente é assim

Vai e volta
Vem e vai

Mas no nosso tempo

É tanto encaixe
Tanta verdade
Tanta reflexão

Que para isso
Precisa mesmo de tempo

Mas sempre é
Uma surpresa
Um presente

Um encontro
Daqueles
Para mim
Com o meu ídolo

Que eu disfarço
Finjo que está tudo bem
Que é normal
Mas fico pensando
“É de verdade mesmo?
“Me belisca, que é um sonho”

Mas de sonho
Virou realidade

E mesmo na minha ausência
No meu silêncio
Na minha distância

Nunca
Esqueço de você
Do que é
Do que me deu
Do que me dá…

Sabe quando você disse de missão
Do que é o que veio fazer nessa vida?

Pois é
Te conhecer
E aprender
Já fez parte da vida valer a pena

E ainda tenho esse sonho
Quase uma obsessão
Te você
É aquele sonho
Que eu não me canso de querer

Mas eu disfarço
Finjo que está tudo bem
Que é normal
Mas fico pensando
“É de verdade mesmo?
“Me belisca, que é um sonho”

Eu não desisto

Até o dia que você finalmente
Responder….

Coração partidinho

Padrão

Menina coração sangrando_thumb

Sabe

Eu sei

As vezes finjo

Que não
Me importo
Vejo
Interesso
Compreendo
Ouvi
Li
Recebi…

Eu sei

Sei que está
Chegando ao fim

Esse dia
Já é visto
Com lua no céu
Hora no relógio
Data no calendário

E de novo
Eu finjo
Que não vai doer
Não vou me importar
Não vou chorar
Não vou lembrar

Mas hoje
Meu coração
Me diz que eu preciso
Ser forte
Não posso hesitar
Como a certeza da vida
É a morte

Sua mala
Já está pronta
Seu novo amor
Te espera

E você
Partirá

Eu já me preparo
E parto
Meu coração
Em pedaços.

Sentido

Padrão

sentido2

Como é isso de querer sentido
Da vida que se apresenta hoje
Do que é oferecido e posto

Da vida que acorda
Neste amanhecer
Que foi tão desejado
Planejado e arquitetado

Vontade apenas de deitar
Virar para o lado
Dormir
Não acordar nunca mais

Por um instante
Acreditei que seria diferente
Que o dia seria diferente
Que a vida seria diferente

Mas não

Talvez nem mais as drogas
Nem mais nada
Consiga entorpecer
Consiga camuflar
Consiga….
Me afogar

Do que eu não quero mais sentir

Mas na verdade
Nem sei mais como voltar

Como fazer sentido
Então enquanto isso
Eu deixo
Finjo
Ignoro
Viro para o lado….

Vou dormir….

Não posso…

Padrão

pecado

Fingi que estava tudo bem
Que eu estava bem
No lugar de sempre
E fiz o que eu sempre fiz
Hoje eu fiz melhor
Nem sabia que havia melhor que isso
E houve
Eu fiz…
Mas do outro lado da porta
No lugar de sempre
A outra me esperava
E me olhava com piedade
Os olhos baixos eram o prenúncio
E me imploravam um lugar
Uma explicação
Me ordenavam…
Neste dia eu me dei conta
Que o limite entre a razão e o sentir
Entre o querer e o não querer
Entre a sanidade e a loucura
Entre te querer e fingir
Esses limites estão ultrapassados
E me dei conta que
Falta apenas mais um passo
Para eu cair na sua loucura
No desafio de sua falta
No que você quer de qualquer um
E agora quer de mim
Não tenho isso
Não posso te oferecer
Não posso cair em tentação
Pois minha queda será o fim
Do pouco que ainda resta
Até hoje…