Ausente, mas aqui

Padrão

limiteFiquei tanto tempo sem escrever
Que até estava estranhada
Como seria possível
Silenciar o que há no coração?

E me dei conta
Que as drogas não estavam mais presentes
Que eu não estava mais me dando conta
Que eu já estava ignorando
De maneiras diferentes
A própria existência

Fisgada pela dor
E amada infinitamente
Pela ausência
Do que não pode ser
Do que não se tem

Vivi
Todo esse tempo
Correndo atrás
Do que eu já tinha
Mas nunca havia me dado conta
Que era meu

Então
Por hora eu volto
Para falar que enlouqueci
E me curei…
Que morri
E voltei…
Que a vida me deu nova chance
Nova morada
Novo sentido

E me preparo
Para o que há de vir

Não sei o que será
Mas sei que já é dado
Como fato consumado

Aqui jaz
Minha vida
Que eu matei
Para chegar ao limite…

Anúncios

Não vou mais te atender

Padrão

porta trancada

Eu nunca te agradeci
Quando você veio
Chegou
Aconchegou
Fez morada

Mas quis mais
E nunca te ofereci
O que você merecia

Porque sabia
Da verdade
Que todo mundo sabia
Guardou
E riu
Como
Obviamente
Achava
Que eu sabia

E no fim
Pediu para ocupar o lugar
Do inocupável
Me pediu
O “impedível!
E maltratou
O “inimaltratável”….

Tudo bem

Hoje
Você chama
E até hoje
Espero
Que você me diga
Era mentira
Você quer uma nova chance?

Mas tudo bem
Hoje
Está tudo bem
Mas

Por favor
Não me ligue mais.

Meeting

Padrão

amor-de-reencontro

Eu ia
Estava sempre lá
Quando ninguém ia
Eu estava lá

Sempre a primeira a chegar
A última a ir embora


Era meu único
Lugar
No mundo
Que eu podia
Ir

Colocava
Minha melhor roupa
Preparava a melhor frase
Ia
E quando acabava

Eu tinha de ir embora
Sonhando sempre com a volta
E eu sempre voltava

Quando deixavam…

Meu único momento
De tomar a vida
A liberdade
A sabedoria
Minha melhor versão

E quando acabava
Acabava minha farsa

Da vida que nunca foi
Da vida que acabou
Da vida
Que nunca mais
Terei.

Eu te amo, sempre te amei…

Padrão

amor da minha vida.png

Você
Sentada
Me olhando
Com aqueles olhos
Que brilham
Que ainda acreditam
E sabem
O que necessário
E cabe
No seu coração

Eu te olho
Com os olhos da vida
Que passou
Com os vendavais
Com os livros
Com a sabedoria

Com parte do que você
Sonhou
Desejou
Acreditou
Nunca imaginou

Eu te olho
Com meus olhos
Cheio de amor
De amor e de amor

E te agradeço

Pelo que você fez
Pelo que você sonhou
Pelo que você construiu
Pelo que você acreditou
Pelo que você amou
E por tudo
Tudo
Tudo

E hoje
Te estendo as mãos
Te peço
Vem

Vem comigo

Minha vinda
Minha vida
Meu futuro
Minha história

Só faz sentido
Só tem sentido
Só é
Se tiver você

Vem…
E me mostra
O futuro
Que você sonhou
Pra gente….

Sempre foi assim

Padrão

morte

Estava pensando
Tentando lembrar
Mas sempre foi assim
Triste

Do lugar de ser
De tentar
Mas é isso

Tentando entender
Porque a vida passou
Dos lugares
Por onde passei
Onde estive
Onde vivi

Não sobrou nada

Nem pessoas
Nem cheiros
Nem gostos
Nem lembranças
Nem nada

Então
Meu lugar é
Nenhum
Como a rota de fuga
Estou sempre a espera
Da virada de pagina
Da mudança
Do assombro
Do partir…

Partir
De mim
Dos lugares
Dos quereres
Dos sentires
Dos seres

A mala sempre
Esteve pronta

Quando você vem me buscar?

Demorei para entender

Padrão

Morpheus-641x506

Agora

Escrever ficou
Assim
Sem lugar
Sem vontade
Sem sentido

Eu sempre

Agora as palavras
Ficam sem entender
Ou explicar

Porque as drogas
Preenchem
Fazem sentido
Fazem algo

Mas me deixam longe
Do que tem sentido

Para viver no mudo real
Eu preciso ficar assim

Com as palavras alheias
Tingidas de cores
Que apagam com a chuva

Fiquei assim
Sem saber
O que tem que ser
O que é
O que foi

E até pensei
Em apagar tudo

Então
Vou continuar
Ficar quietinha
E continuar
Com a dose
De 20mg por dia

Até o dia
Que
As palavras
Morrerem de vez
Em mim…

Quem sabe
Se assim
A vida
Haverá de ser
Finalmente
Minha….

Ainda digo sim

Padrão

te amo
Prometi tanto
Tanto amor
Que quase queimei
De tanto arder
No sentir
Do sentimento
Que um dia houve

Achei um lugar
Onde ainda havia
Muito do que um dia houve

Achei as palavras
Do que um dia prometi

E foram tão bem prometidas
Tão bem ditas
Tão perfeitas

Que sem querer
Não percebi
Que o tempo passou

E você partiu
Partiu elas
Não aceitou
Não entendeu
Não tinha como ser…

Eu te prometi
A vida
E ela foi embora
Partiu com você

E me deixou
Aqui
Só…

Será
Que ouso saber
Se vocês estão
Bem
E felizes
Sem mim?