Sonhei

Padrão

sonho
Sonhei com você
Daqueles sonhos
Que se repetem

E de tanto repetir
Já não sei mais se e sonho
Se foi realidade
Se é memória
Se é vida passada
Se é loucura
Minha esquizofrênia
De plantão

Eu não sei se você fez isso
Eu sei que um dia houve algo
Mas não era você

Mas eu era tão louca
Tão louca por você
Que meu ciúmes
Um dia foi capaz
De destruir tudo
O que havia
O que podia ter havido
E o que nunca houve
Mas eu acreditei haver

E lá no sonho
A sensação era real
Como a vida também

No sonho doeu
Mais do que era verdade
Mas na verdade
Doeu
Como já foi mesmo um dia

E eu queria te ver
Queria que você me visse

Mas isso já não era mais sonho
Era realidade

Você nunca me viu
Nunca…

Me trocou
Como se fosse algo
Que já não servisse mais

Abriu o lixo
E descartou

E foi para a próxima

E no sonho
Era isso
Essa repetição
Do que nunca acaba
Do que nunca termina
Em mim…

Preciso de ajuda
Alguém me acorde
Desse pesadelo
Que estou presa
Nesta vida….

Anúncios

Um dia qualquer de novo…

Padrão

um dia a gente se ve

Você

Voltou

Senti saudades

Não posso negar

Mas

Também não ouso

Lhe dizer

Pois não compreendes

Do lugar que eu falo

E sim

Do lugar

Da falta

Que há em seu ser

Na sua morada

De teu coração

Que um dia

Desejei

Que fosse meu

Te amei

Até ontem

Mas você

Não pode saber

Não entende

Não vê

Só acha

E não tenho tempo

Para achares

Então fica assim

Você ai

Eu aqui

Um café?

Um dia qualquer …

Pega na minha mão e vem

Padrão

MÃO

Silêncio
Que as vezes
Rasga
Ensurdece

Deixa tudo
Sem sentido

Como se pudesse
Proteger
Adiar
Cuidar

Mas não
Tudo mentira
Tudo fuga

Você mentiu
Se perdeu
Se colocou
Ai

Perdeu se

Fui trocada

Mas deixou

Agora
Sinto muito
Não tem volta
Não tem perdão

Então
Agora
Basta

Levante se
E faça algo
Agora
Por você

A vida te espera

Antes que a morte
Chegue
E te leve

Mas antes
Você
Vai ter que experimentar

Vai
E vem.

Fugir de você… fugir de mim…

Padrão

fugir
Não
É isso mesmo
Deste lugar
Do silêncio
Do dia que veio aqui
E foi embora
Do mesmo jeito
Que chegou

Já sabe
Teve que fugir
Porque eu não mais
Posso te oferecer
O que você disse oferecer

O que você fingia
E eu acreditava

Do que eu fingia
E você acreditava

Da última vez
Só faltou deixar
O dinheiro no criado
E bater a porta
Ao sair

Mas não deixou nada
Levou tudo

Não deixou nada
Não levou tudo

Levou o que?
Se nunca teve nada…

E agora

Das palavras
Que respingam
Dos sentidos
Que nunca fizeram

Eu acreditei
Fingi que ia bem
Que estava tudo bem

Você foi
Partido
Partiu

Sangrou

E hoje entendi
Que não era de mim

Pressentindo
O fim…

Você foi
Não olhou para trás

Mas pensando bem
Eu também
Não olharia…

Vazio

Padrão

vazio

Eu achei
Por um tempo
Certo tempo até
Que você seria capaz
De me dar
O que ninguém deu

E abri
Te contei tudo
Abri o coração

E você
Abriu
Se abriu no coração

E me fez ver
Que eu te dei errado

De coração
Não mais há

E quando eu entrei
Abri
A porta

Mas
De saber
Sabiamos

Que vazio
Estava

E vai demorar

Mas tudo bem

Temos todo o tempo
Para fazer o que quisermos

Mesmo
Que não seja
Com a gente.

Como deixei passar?

Padrão

amor halph
Meu carro
Meu divã

Na direção
Das duras

Mergulho
Nos meus pensamentos
Nos lugares que já estive
Que algo passou
Me passou
Eu passei…

Lembrei
Quando você me contou
Algo que parecia malicioso
Que eu quis entender assim

Na época
Queria outra resposta
Mas você respondeu
O que era

Somente hoje
Quando o farol abriu
Eu me dei conta

Quase ri alto
Lembrando
Das minhas tartarugas
De estimação…

Elas sacaram
Mais rápido
O que era óbvio

A resposta que foi
Na verdade é

Porque hoje
Ainda é

Igual assim

Nunca foi
Nunca será

A piada sombria
Eu mesma disse essa semana
Nada mais de esperar
O inesperável

Então
Aquela conversa
Aquela resposta

Que na época foi esquiva
Hoje
É fato…

Entendeu
Ou quer que eu desenhe?

Você de novo

Padrão

cadeira-criado-mudo

Você apareceu na minha cama
Do meu lado
Estava me observando
Quase um abraço

Neste lugar
Eu me lembrei
Do que um dia houve de ser
O que era
Nós…

Respirei fundo
Até lá eu me peguei
Com medo

Como seria possível
Nós de novo?
Nós juntos?
Nós no nosso lugar…

Olhei ao redor
Pensei em voltar a dormir
Você me cobriu

Perguntei alguma coisa

Sua respostas
A verdade veio até mim
Você mentia
Para variar….

Esse é o seu lugar
Sempre foi
E sempre será

Olhei de novo ao redor
E o medo não era real
Era apenas o que um dia houve
E ainda faz morada
Dentro do meu coração

Peço por favor
Não volte a aparecer
Em meus sonhos
Você não é mais bem vindo…