Não vou mais te atender

Padrão

porta trancada

Eu nunca te agradeci
Quando você veio
Chegou
Aconchegou
Fez morada

Mas quis mais
E nunca te ofereci
O que você merecia

Porque sabia
Da verdade
Que todo mundo sabia
Guardou
E riu
Como
Obviamente
Achava
Que eu sabia

E no fim
Pediu para ocupar o lugar
Do inocupável
Me pediu
O “impedível!
E maltratou
O “inimaltratável”….

Tudo bem

Hoje
Você chama
E até hoje
Espero
Que você me diga
Era mentira
Você quer uma nova chance?

Mas tudo bem
Hoje
Está tudo bem
Mas

Por favor
Não me ligue mais.

Anúncios

Meeting

Padrão

amor-de-reencontro

Eu ia
Estava sempre lá
Quando ninguém ia
Eu estava lá

Sempre a primeira a chegar
A última a ir embora


Era meu único
Lugar
No mundo
Que eu podia
Ir

Colocava
Minha melhor roupa
Preparava a melhor frase
Ia
E quando acabava

Eu tinha de ir embora
Sonhando sempre com a volta
E eu sempre voltava

Quando deixavam…

Meu único momento
De tomar a vida
A liberdade
A sabedoria
Minha melhor versão

E quando acabava
Acabava minha farsa

Da vida que nunca foi
Da vida que acabou
Da vida
Que nunca mais
Terei.

Vem aqui

Padrão

CUIDODEVC

Me dá a sua mão
Fica aqui comigo
Me deixa ser
Me deixa estar
Fica aqui ao meu lado…

Me diz o que você quer
Me conta os seus planos
Deixa eu cuidar de você

Passar a mão nos cabelo
Fazer carinho
Te dar um abraço

Me dá mais tempo
Tenha um pouco de paciência
Me dê seu sossego
Me mostra o que é
Como eu posso fazer
Para te amar

Do doce que você mais gosta
Do melhor vinho
Do seu lugar predileto no mundo

Deixa
Eu dirijo
Eu te levo

Mas vem comigo
Por favor

Deixa eu cuidar de você
Me mostra como te fazer feliz

Eu farei
Eu prometo

Dessa vez
Eu prometo
Eu vou fazer dar certo

Porque você sempre tentou
E eu sempre tive medo

Mas dessa vez
Eu te peço
Só mais essa chance…

Tumulto

Padrão

sono

Acordei
O relógio já tinha tocado
Eu virei para o lado
Me dei mais alguns minutos
Esqueci de avisar o despertador
E ele dormiu
Eu também…

Dormi mais do que eu queria
Mas também
Não tinha motivo algum para levantar
Para acordar
Para ir para a vida…

Vida…
Vida?
Que vida?

Ir para o mundo
Viver a vida
Fazer o que tem que ser feito….

Fazer o que?

Virei para o lado
Desliguei o despertador
Desliguei a vontade de viver
Vou dormir…
Não me acordem.
Não me acorde nunca mais.

Coração batendo

Padrão

sentido
Respiro fundo
Olho ao redor
Solto o ar…

Meu coração dispara
E sinto o vazio
Como se o peito
Fosse oco

Talvez o peito
Seja oco mesmo…

Suspiro
E o ar frio
Aquece meus pulmões
Faz meu coração
Acelerar

Mas continua lá
Batendo
Vazio

Sentido para quê?
Sentindo o quê?

Olho ao redor
Novamente tudo fica assim
Deslocado

Porque o coração bate
O ar esquenta
O mundo fica aqui
Parado diante dos meus olhos

Mas que mundo é esse mesmo?