Trânsito divã

Padrão

klein

Hoje
Eu acabei tão tarde
Na volta
Trânsito

Chuva
Frio
A luz ficou diferente
Refletiu no vidro

Lembrei de você
O rádio ajudou
Tocou a sua música

Senti saudades
Saudades do que foi
Saudades do seu rosto
Saudades do que era

Me dei conta
Que senti saudades
Do que nunca tivemos

Saudades do que eu queria

Lembrei da sua última mensagem

Me deu uma tristeza

Minha saudades
É só uma imaginação
Uma lembrança
Uma grande mentira

Porque o homem que você se tornou
Nem de longe cabe
Na minha lembrança
Do homem que você foi

Esse foi o golpe

O semáforo ficou verde
A música acabou
O carro atrás buzinou
Voltei para mim

Onde está você
Homem dos meus sonhos?

Anúncios

Celestial soda pop 

Padrão

ray lynch

Sem querer
Achei uma música
Jogada por ai

Coloquei ela
Fui ouvir

Abri a porta do baú
E com ela
Veio tudo
O que estava
Jogado
Como aquelas gavetas
Que um dia
Um dia vamos ter
Tempo de arrumar

Vi você
Quando descobri
Que éramos três
E eu acreditava
Em conto de fadas
Papai noel
Amor
E felizes para sempre

Passou por mim
A primeira
A segunda
A terceira
A quarta vez
Que eu falhei
Ao tentar partir
Dessa vida…

E continuei

Lembrei das vezes
Das pessoas
Dos beijos
Dos encontros

Da formatura
Do primeiro carro
Do primeito emprego
Primeiro paciente
Da primeira gira
Da primeira aula

Lembrei de você de novo
Dessa vez
Não quis te matar
Ou morrer…

Mas me espantei
Quando me dei conta
Da direção
Do lugar
E de um outro alguém

Meu desconcerto
Foi dizer que eu te amo
O que estava
Sempre esteve
E ainda está
Preso aqui na garganta

Antes da música acabar
Antes que vire passado
Antes que eu me arrependa
De virar passado

Você me diz sim?

Menina

Padrão

meninalinda

Eu queria tanto ter dito
Na verdade
Eu só percebi agora
Esses dias

Como você é incrível
Como você foi incrível

Como eu sinto sua falta…

Lembra quando você sonhava?
Lembra que você acreditava
E foi lá
Fez acontecer
Quebrou paradigmas
Foi longe…

Interessante perceber
Que você foi longe demais

E faz muito sentido

Porque hoje
As feridas ficaram
Sangram e maltrataram

Fiquei tanto tempo
Escondendo elas
Cuidando delas

Esqueci de você
Do que você me deu
Do que eu sou

Menina
Como eu te reverencio
Eu agradeço
Peço por favor
Que se eu merecer

Volte…
Deixe eu te dar uma segunda chance
Vem viver essa vida
Que é sua por direito…

Vem…
Estou te esperando ….

Toca telefone

Padrão

telefonemaEsperando eu aqui
Esse dia
Aquele dia que a gente acha
Que você
De repente
Meio que sem querer
Meio que sem intenção
Resolve me ligar

Me mandar uma mensagem
Um oi
Alguma coisa
Que diga que você lembra

Que eu ainda tenho um sentido
Um sentimento
Uma lembrança
Algum lugar

No seu coração
Ou quem sabe
Na sua saudade

De lembrar que sempre era esse dia
Que você chegava com flores
E me deu um anel
E queria tudo

Prometeu me dar o céu
Mas agora não mais

Nem lembro mais quando

Enquanto isso
Eu finjo que não me importo
Que não ligo para nada

Mas era só de você
Era a única mensagem
Que valeria a pena
Ler…

Vida fora

Padrão

viagem

A vida foi embora
Naquele dia
Eu deixei você passar

Você entrou no trem
Partiu para longe
E eu não sei quando foi
Não sei para onde foi
Só sei que foi naquele dia

Você partiu

A vida ficou te olhando
O trem foi embora

E ainda fico esperando
Você voltar

Mas não sei mais
Se eu teria capacidade
De te reconhecer
Caso você voltasse

Eu também não sei
O que faria se você voltasse

Fiquei tanto tempo querendo você
Esperando você
Desejando você

Agora não sei mais

Do lugar que é
Da vida que foi
Do sentido que falta
Do que tem que ser

A vida foi embora
Acho que perdeu-se

Agora
Eu espero o trem voltar
Espero meu trem
Espero minha hora…

Enquanto isso
Espero…