Amor

Padrão

amor1

Oi
Você nunca soube e nunca vai saber
Um dia eu te escolhi
Quis querer te

Dos olhares que se cruzaram
E da estranha sensação
De que um dia
Já houve nós dois

Daquelas certezas
Que não se explicam
Das coisas que a vida oferece
E a gente só pode agradecer

Da sua presença
Do seu sorriso
Do lugar que você ocupa
Em sí e na vida

Da leveza que existe
Quando você se faz presente

Do seu sorriso
O sorriso mais lindo
Do seu abraço
O melhor abraço

Das suas palavras
Que são enigmas
Que finjo não entender
Para deixar a conversa nos levar

Mas finjo não entender
Que você quer algo
Que não sei se poderei oferecer
Porque desta condição
Eu me recuso a pertencer

Então
Finjo não saber
Finjo não entender
Finjo não perceber

Dessa loucura
Me equilibro
E você acredita

Mas se não fosse assim
Eu prometo que aceitaria
Eu prometo que sim

Sim
Eu te daria meu mundo
Em troca do seu.

Anúncios

Sobre ontem

Padrão

sorriso no rosto

E a gente percebe que amadureceu quando não fica esperando a ligação do dia seguinte
Quando definitivamente não faz planos e nem ficou sem dormir à noite anterior lembrando dos momentos vividos pouco tempo atrás
A gente amadurece, quando se permite ser e viver sem facetas ocultas, máscaras ou subterfúgios para se entregar
Simplesmente faz de maneira simples e natural, como sabe fazer de melhor
E tudo flui, tudo se encontra e se encaixa
E tudo vale a pena
E fica feliz, por poder ter estas lembranças guardadas como seu melhor segredo ou vestido
E segue a via adiante, sem olhar par trás
Somente acumulando boas lembranças e bons momentos
E assim a vida segue mais leve, mais simples e com o mais sincero sorriso no rosto.